↑ "Como É Que Gera Dinheiro Com O Software Livre? 2

↑ “Como É Que Gera Dinheiro Com O Software Livre?

Vem do termo em inglês free software, que mostra ambigüidade entre os significados “livre” e “gratuito” associados à palavra-free. Também não se precisa confundir software livre com software de domínio público”. Este último é aquele que não requer licença, em razão de seus direitos de exploração são para toda a humanidade, visto que permite o acesso a todos por idêntico.

Qualquer pessoa podes fazer exercício dele, expeça-se a autoria original. Este software seria aquele cujo autor o dona da humanidade ou cujos direitos autorais expiraram. Se um autor condiciona o seu emprego perante licença, por muito fraca que possa ser, de imediato não é do domínio público. Um programa é software livre se fornece aos usuários de modo adequada, as chamadas quatro liberdades (autonomia de utilizar, estudar, partilhar e aprimorar). Caso contrário, não se trata de software livre. Em tal cultura, era comum que programadores e desenvolvedores de software compartilhar livremente os seus programas uns com os outros.

Este jeito era especificamente comum em alguns grupos de usuários da época, como DECUS (grupo de usuários de computadores DEC). No encerramento da década de 1970, as companhias iniciaram o vício de determinar restrições aos usuários com o exercício de contratos de licença. Em 1971, quando a informática ainda não gostava de seu grande potencial, as pessoas que faziam uso dela, em âmbitos universitários e empresariais, geravam e partilhavam o software sem nenhum tipo de restrições.

  • paradigma
  • Espaço online onde a partilha de ideias
  • 13 coisas que estamos acostumados fazer um dia de ressaca
  • 166 (conversa) 18:Cinquenta e sete 15 nov 2017 (UTC)
  • o IOS 4.2
  • 4 A Revolução da Roda gigante
  • Mais pressão para Benítez

Com a chegada dos anos de 1980, a ocorrência começou a mudar. Os pcs mais modernos começaram a utilizar sistemas operacionais proprietários, forçando os usuários a aceitar condições restritivas que impediam a trocar, criar este artigo, ou fazer modificações a este software. No caso de que qualquer usuário ou programador encontrou qualquer defeito no aplicativo, o único que podia fazer era dar a conhecer a corporação desenvolvedora pra que esta tudo desse correto.

Embora o programador esteja capacitado pra definir o problema e o que deseja fazer, sem solicitar nada em troca, o contrato lhe impedia que modificar o software. Em 1971, o norte-americano Richard Matthew Stallman, estudante de Física da Universidade de Harvard, fez cota como um hacker do Laboratório de Inteligência Artificial do Instituto de Tecnologia de Massachusetts.

Na década de 1980, a cultura hacker, que constituía a vida de Stallman começou a dissolver-se perante a pressão do marketing pela indústria do software. Os outros companheiros de Stallman, também hackers do laboratório, fundaram a companhia Symbolics que tentava substituir o software livre produzido em instalações de software não livre de sua posse. Stallman mostrou, anos depois, que, por aqueles anos, no laboratório onde trabalhava, tinha recebido uma impressora doada por uma corporação externa. O dispositivo, que era usado em rede por todos os trabalhadores, parecia não funcionar na perfeição, uma vez que a cada correto tempo o papel se travava.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima