"Dona Letizia É Muito Linda E Tem Muito Estilo, Adoro" 2

“Dona Letizia É Muito Linda E Tem Muito Estilo, Adoro”

Vestido branco clingy, sapatos de salto grande, cabelo escuro, separadores de vasto volume e, claro, a tua cuidada e famosa frondosa barba. Conchita Wurst vive em um doce sonho desde a tua vitória no festival Eurovisão da canção, lá pelo mês de maio. Comprometida com uma luta que faz parcela de sua identidade, a diva austríaca não quis perder as festas do orgulho gay de Madrid e esta semana tem viajado ao nosso país para unificar-se à reivindicação desse coletivo. Já passaram quase dois meses desde o teu sonoro vitória no festival Eurovisão da canção.

Como mudou a tua vida desde logo? Tudo se transformou e, definitivamente, foi para melhor. Sempre quis que minha vida fosse assim sendo e, desde que eu nasci, eu me preparei para este momento. Desde jovem, senti-me muito livre, por causa de a toda a hora fiz o que eu precisava pra ser feliz.

Mas agora como artista, sinto outra categoria de liberdade. Agora sim eu acredito que tudo é possível e que poderá obter cada intuito. Por exemplo, antes de ganhar a Eurovisão sonhava com o que Elton John ou Cher soubessem quem eu sou. E nesta hora, depois de ser atingido, o sabem. Sente-se neste momento como uma enorme estrela da música? Esse é o meu vasto sonho e eu tenho ainda um longo caminho a percorrer até aparecer a sê-lo. A indústria da música é muito competitiva, e as coisas que faça, no futuro, têm que ser as adequadas. Agora, tais como, estou concentrada em buscar as melhores músicas para este novo álbum. Há que tentar sempre obter o melhor efeito possível.

Ó meu Deus, toda humanidade tem sua posição e imagino que alguns precisam de agrupar as coisas em categorias pra poder entendê-las melhor. Mas é um “tudo” que vai além da barba. Foi muito importante o tópico que interpreté, a minha voz, a pôr em cena, as entrevistas que permiti… Assim, cria-se um artista. Lady Gaga pode vestir a incrível roupa do universo, porém se publicasse músicas péssimas ou cantasse mal, ninguém a ouviria. Uma coisa não dá certo por si só. Quando você adquiriu, a respeito do palco, disse: “Este triunfo é dedicado a todo mundo que acredita em um futuro de paz e liberdade.

  • Modéstia à fração
  • Menina, dá-me uma aba de teus olhos, para colgarme de afeto por você
  • ¡¡OUTRO APOSENTADO Curioso
  • vinte Rosas
  • 5 Mitologia e religião em Saint Seiya

Nós estamos unidos e somos imparáveis”. Quem vos quer parar? Muitas pessoas, realizam até fila (risos). Quando eu citou essas palavras, eu só queria que a gente soubesse que existem muitos outros que acreditamos em um futuro sem ódio. Todas as pessoas que pertencem a alguma minoria ainda têm que guerrear na atualidade pelos seus direitos.

E isto é alguma coisa tão jururu…! O mundo notável pra mim é no momento em que não necessitamos dizer a respeito estas coisas. E os que não querem isto tem que saber que os bons sempre ganham no fim. Foste a terceira artista mais votada pelos espectadores da Rússia, um país que mantém em vigor leis contra a “propaganda homossexual” ¿

Por que se deu essa estranha paradoxo? É tudo muito jeca, não sei por que têm estas leis estúpidas. Ninguém poderá lhe importar se um homem está com outro homem ou uma mulher com outra. A mim fornece-me semelhante, e não entendo por que alguns políticos estão tão interessados em tais divisões.

tenho orgulho de saber que os russos gosta da minha música, todavia por outro lado é um vasto sinal. Para ver se os que mandam lá se dão conta de que o público tem suas próprias críticas ou crenças. Eu tenho que rir, o que é cafona isto!. Lamento decepcionarlos, mas não sou tão poderosa. Eu não sou uma protagonista de história em quadrinhos.

Sou somente uma drag-queen. E como tá a circunstância na Áustria, seu nação? Após a minha passagem por Canção e minhas entrevistas, vários austríacos entenderam o que eu pretendo evidenciar com este personagem cênico. Até já alguns me dizem que por causa mim mudaram sua avaliação ou ponto de vista com ligação à homossexualidade. Não sei se isso de imediato aconteceu com um enorme número de pessoas, contudo continuarei fazendo o que faço, até o dia em que eu morrer. Desejo que muito em breve não for homofobia ou racismo, entretanto pra esta finalidade devemos continuar a trabalhar juntos. Você entende quem é Ana Garrafa? É a atual presidente da câmara de Madrid.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima