Escolher Com Cabeça 2

Escolher Com Cabeça

As emoções ou os impulsos emocionais costumam ter um peso essencial pela hora de tomar cada decisão, e a possibilidade de um animal de estimação não é nenhuma exceção. Em Espanha, um em cada 3 proprietários (trinta e quatro por cento) decide o teu cão priorizando critérios de feitio emocional. O que ocorre com essa aptidão?

Pois que deixa de lado estilos mais racionais, como são as necessidades do cão e a tua adequação ao hábitos de vida de cada pessoa. Este é um dos detalhes que são extraídos do primeiro estudo Affinity sobre o assunto os motivos que sugestionam a escolha dos animais de companhia.

  • The Artist. Prêmio de Melhor Filme em 2011
  • 77 – A noite de lua cheia
  • dois Territórios, ninhos e incubação
  • Sobreviveram mais de cinquenta dias, por ser de alface em ovos, leite, peixe, marisco e farinha

de Acordo com fatos da Associação Nacional de Fabricantes de Alimentos pra Animais, imediatamente são mais de 18 milhões de casas em Portugal, que possuem pelo menos um animal de companhia. É expressar, o 49,três por cento do total de famílias em nosso nação. A maioria das famílias espanholas, proprietárias de cães e gatos, consideram que o seu animal de companhia é fonte de bem-estar. Diversos estudos assinados por especialistas de o mundo todo confirmam os privilégios de se conviver com animais de estimação. Este recente estudo de Affinity bem como conclui que 37% dos proprietários escolheram o teu cão com base em tuas características (tamanho, a raça, o sexo ou a idade do animal, a título de exemplo).

mas, só 21% das possibilidades são motivadas por aspectos relacionados com as necessidades do animal ou a adequação ao estilo de vida do proprietário: nível de atividade, tempo para se esforçar, tipo de residência, constituição familiar. Qual animal é mais adequado para mim? Não ao abandono! Gostaria de compartilhar sua existência com um cão ou um gato? A primeira pergunta que você poderia fazer é…

A resposta será um bom indicador para se certificar que tem a certeza de que suas motivações vão e também uma charada de impulso. É primordial que tenha em conta como seriam as suas atividades de lazer com o teu cão. Imagine como seria fazer desporto com ele, destinar-se de férias… E se for viver com um gato, tenha em conta que não são animais que gostam de se mover de seu território. Seu animal tem de um espaço adequado às suas necessidades. No caso do cão tenha em conta que você vai ambicionar estar ao lado de ti, a maior quantidade do tempo e, no caso do gato, pode ser que você tenha que ajustar a moradia para ele, pra que se sinta confortável.

Como ocorre com as meninas, a educação é a chave. Aproveite o momento em que se incorpore para a tua vida (se é cachorro como se imediatamente é adulto) para fazer uma bacana adaptação, em que se estabelecem os hábitos e regras do jogo. Uma boa educação fortalecerá o vosso link e melhorar o teu comportamento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima