Paixão Pelo DIY 2

Paixão Pelo DIY

Assim transcorreu a IV edição do DIY Hunters Day arrumado pela Dona e Eu Handbox, com o patrocínio de CEYS, Bonne Maman, a HP e a BAUHAUS. Isabel Garcia-Sarça, chefe de Sociedade de Eu Dona, que o chamou a todos os participantes a estudar para descobrir novos aparato e ferramentas. Diana Maján e Ester Castelo, fundadoras de Handbox, uma comunidade ‘online’ de ‘crafters’ e ‘influencers’ DIY, destacaram-se a gigantesco criatividade dos ‘blogueiros’, que decoraram, juntamente com Party Festa, o Hub, onde se realizou o encontro. Mas não era comparecer e colocar mãos à obra, ainda que estava tudo pronto para os diferentes oficinas.

Primeiro, houve duas palestras inspiradoras a cargo de Susana Torralbo, que conversou sobre a utilidade do ‘storytelling’, e Sami Garra, que destacou a credibilidade de incentivar a personalidade individual. E depois de isto, sim, chegou a hora de botar mãos à obra e repartir-se por diferentes oficinas. Aurea, do bloh I am the beach boys, uma lâmpada com boiões de geléia Bonne Maman.

Marian, Mairamkitty, uma ‘tote bag’ com telas de Katia Fabrics. Sara, de Lady Black Dress, uma estante nórdica com equipamentos Opitec. Viana do castelo, de Itzi Dreams, ensinou a técnica do ‘pouring’, misturando tintas acrílicas de Artesanato Commons. Maria Eugenia, Da bicicleta azul, decorou os vasos com pinturas A Gravata e ensinou a fazer um ‘tote bag’ com ‘transfer’. Sami Garra dirigiu a oficina de carvado, Maria, do blog Meu papel preferido, o de ‘lettering’ com marcadores Kuretake. E Pedro, de nossa Senhora

Críquete, mostrou como construir um suporte de acessórios com produtos Bauhaus. Como em tal grau trabalho dá muita fome, durante toda a tarde pôde ser desfrutado o lanche a cargo de Tim Hortons e Panaria e d os chás de Umaicha. E, no fim, foi possível degustar o sushi Go Sushing, acompanhado por cervejas Cibele.

E a jornada se acababou, como novidade dessa edição, com um Gin&Craft: um estímulo ‘masterdiyer’ lançado pela Bauhaus, em que os participantes puderam elaborar um DIY express durante o tempo que tomavam um gintonic. Os resultados subiram pras mídias sociais e os ganhadores levaram uma impressora 3d Witbox Go! De BQ e um cheque presente de duzentos Bauhaus.

  • Criar um Conselho Consultivo do Instituto Federal de Telecomunicações
  • Ano de fundação: 2005
  • Capacidade de veicular a crueldade e diminuir as referências de estresse e amargura
  • 14:05 20 mar 2018 (UTC)
  • Marcar um limite de tempo de emprego e horários
  • treze de junho de 2019

o Que é imperioso mudar as democracias europeias para devolver-lhes o teu prestígio e sua inteligência de sedução, racional e emocional? Essa é a pergunta do milhão. Isso é dificílimo. Eu sou democrata, no entanto a democracia tem problemas muito difíceis. Sei que é ambiente comum a frase de Churchill de que a democracia é um sistema péssimo, mas as alternativas são piores. Estou completamente de acordo.

É um sistema péssimo. Gera vícios terríveis, e isto o que estamos lendo já. Estamos vendo o populismo. Agora é que do populismo de direita, o temor da emigração, estamos vendo paquera com o fascismo pela Alemanha, pela Áustria, na Holanda, e nos países escandinavos. E Trump é em parcela uma reação contra isto. E o Brexit foi uma reação contra isso. Não sei se deveria dizer isso, no entanto o defeito da democracia são os cidadãos, são os eleitores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima