Suplemento Cronica 623 - Casamento É Igual A Patrimônio 2

Suplemento Cronica 623 – Casamento É Igual A Patrimônio

” boas-Vindas Pérez enumera alguns dos presentes que obteve de homens que se cruzaram no seu caminho. “Já Me deu várias coisas, todavia a longo prazo. De casamentos entende bastante. De facto, o seu nome se deu a entender, em meio mundo por tuas controversas relações amorosas. Casada com o deputado tory Sir Anthony Buck, a imprensa revelou que mantinha boas-Vindas paralelamente um affair com o chefe do Estado-Maior da Defesa, Sir Peter Harding, escândalo que provocou a imediata demissão de Harding.

“Eu não vou estar aqui toda a vida, dessa maneira desejo entregar minhas experiências e conhecimentos para as mulheres, eu acho que eu posso ser de enorme assistência”, falou boas-Vindas, esta semana, em Madrid. De sua típico vida fala no livro Faça valer (Ediciones B, 17 euros), que estará na via no próximo dia 10 de outubro, e do que boas-Vindas Pérez citou, com uma Crónica exclusiva. Nascida em nova iorque há cerca de meio século, boas-Vindas Pérez se considera “uma mulher feita a si mesma que não tolera injustiças”.

Com uma infância instável e sem o apoio de alguns pais, afirma ter superado os altos e baixos de tua vida “graças ao apoio de Deus e a bacana sorte”. Em suas quase duas décadas em Londres, declara ter trabalhado no Colégio de Médicos, Mercedes Benz, uma corporação de arquitetura, a Liga dos Países Árabes ou a Scotland Yard. Nestes trabalhos, fez bons contatos. Em qualquer tempo me afetaram aqueles comentários cruéis, agora não. É uma pergunta de ser avaliada: se um homem te oferece dinheiro ou se há presentes, deste jeito não se sente culpado, é uma forma de apreciarte.

Vejo muito pior fazê-lo sem nada em troca. Está claro: devem de menos atenção do sexo, sendo assim, é um serviço que economiza. Na realidade, o sexo nunca teve um papel considerável pela minha existência. O que foi por você o sexo? Algo que você tem que fazer pra cooperar pra uma ligação, porque pros homens é fundamental, devem.

  • Duas Histórias
  • É verdade que você fazia porção do grupo, que parou ao Che
  • Tenho desejo de besayunarte
  • Estilo patético: Mariachicamala
  • 18ª gala (Especial Solidária): Torrebruno

Qual a tua avaliação a infidelidade? Eu não me importo. O que lhe façam algumas, o seu parceiro é um serviço que economiza. As respostas de boas-Vindas são rápidas, parece convencida de seus fundamentos, coloquem a cara que coloquem seus parceiros. Considera-se que 3 meses é tempo mais do que suficiente pra saber se um homem é “adequado” pra fixar entre nossos objetivos.

E se conhecemos alguém muito rico, todavia sem nenhuma outra qualidade sensacional, assim como vale? “Para ir um tempo com ele, sim. Me beneficiaria ao máximo e depois me largaría”, espeta. Das três vezes que se é casado (aos 30, aos trinta e três e aos 42 anos), bem-vindo garante não ter feito, não pelo amor.

“O afeto é uma doença, há que imaginar com a cabeça; casar-se é algo muito sério e que podes carregar conseqüências muito graves, principlamente no momento em que há filhos, dessa forma nunca tive filhos”. Quanto tempo dura o afeto? E uma relação apaixonada? O que tardes em deslocar-se para um terno Chanel, ou por uma joia da Cartier. Como muito, um ano e meio, depois declina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima